Home » Posts tagged "Softscape"

Saiba como ter um jardim perfeito com três dicas


Neste artigo decidimos dar três dicas de como ter um jardim perfeito. Afinal, há jardins mundo afora capazes de deixar qualquer um de queixo caído e com aquela vontade de ter algo parecido em casa, mesmo que seja em uma versão infinitamente menor.

Jardim de Versailles, França

Jardim do Castelo de Versailles, na França. Fonte: lilliverdi

Difícil achar alguém que não ache espetacular o jardim do Castelo de Versailles, na França, por exemplo, independente da época do ano em que vá visitá-lo. Ok, talvez alguém diga que esse seja um modelo muito grandioso para servir de exemplo, mas mesmo assim é um jardim com muitos detalhes que podem servir de inspiração.

Contudo, pode ser que com você combine um ar menos ocidental, e algo mais oriental seja o seu sonho. Não precisa ir até o Japão para se inspirar. Que tal o Jardim Japonês de Buenos Aires, na Argentina?

Enfim, há jardins para todos os gostos e em todos os cantos. No Rio de Janeiro há muitos jardins maravilhosos: está aí o Jardim Botânico, exemplo famoso mundialmente, que não nos deixa mentir. Inspirações não faltam, mas como ter um jardim lindo em casa? Respondemos essa pergunta em apenas três dicas para um jardim perfeito:

1 – Quando construir seu jardim: não há uma época certa, mas o ideal é seguir com o projeto de paisagismo junto com o projeto arquitetônico e construir o seu jardim enquanto estiver construindo a casa. Se deixar para fazer o jardim depois, você poderá ter mais trabalho e maior despesa na construção e instalação dos elementos rígidos, como caminhos, muros de arrimo, canteiros, cascatas e outros itens que você queria colocar no jardim ou em torno dele.

Por exemplo: você pode querer ter uma fonte no meio do jardim, ou quem sabe uma lareira com um banco de pedras em volta dela, ou uma pequena lagoa? É mais prático providenciar a estrutura composta pelo Hardscape durante a construção, assim evita remoção de terra e quebra-quebra, que são sempre trabalhosos depois que a casa já está ocupada.

A lareira, feita com pedras resistentes ao fogo e ao calor, como as da Linha Weston Fire Pit, da coleção Winter Park, virou a protagonista desse jardim.

A lareira, feita com pedras resistentes ao fogo e ao calor, como as da Linha Weston Fire Pit, da coleção Winter Park, virou a protagonista desse jardim. Fonte: Belgard

Como ter um jardim perfeitoFonte: Houzz

2 – Como escolher as plantas: vai do gosto dos moradores e fica melhor se as plantas forem combinadas com o estilo de decoração da casa. Ou seja: uma casa mais romântica merece flores mais românticas. Na hora de escolher as espécies, uma dica é ter variedades de plantas que floresçam em estações diferentes, assim seu jardim estará sempre florido e colorido.

Se você optar por um jardim só em tons de verde, pode deixar para as cores aparecerem nos objetos de decoração e mobílias ou nos elementos do hardscape, como por exemplo nas pinturas de muros e paredes e no revestimento do walkway.

E se a manutenção frequente não for o seu forte – é importante pensar nessa questão ao criar um jardim – talvez seja melhor optar por espécies mais resistentes, que não dependam tanto de regas ou cuidados extras. Contratar um jardineiro para fazer uma manutenção periódica é sempre uma ótima solução para deixar seu jardim bem cuidado o ano inteiro.

Uma casa mais romântica merece flores mais românticasFonte: Blog da Belgard

3 – Como usar a iluminação: spots ou outros tipos de iluminação são importantes por dois motivos. Primeiro pelo fator estético, porque você pode destacar à noite os pontos mais bonitos do jardim, incluindo aí não apenas as plantas, mas outros elementos que componham o espaço, como bancos, piscina, cascata, etc. Além disso, a iluminação ajuda a direcionar as pessoas ao clarear os espaços onde os caminhos foram projetados.

Como usar a iluminação: spots ou outros tipos de iluminação são importantes
Fonte: Houzz

Viu como não é difícil construir um belo jardim em casa? É o equilíbrio entres os elementos do hardscape com os do softscape que cria o cenário perfeito. Vá em frente com essas três dicas super simples e você terá um jardim com a sua cara, seja para relaxar, reunir-se com amigos ou apenas apreciar.



Walkways – conectam espaços e direcionam o fluxo


Walkways são passagens que conectam espaços e direcionam o fluxo das pessoas que caminham por ele. São os caminhos que levam do portão da calçada à entrada da casa, que levam até ao jardim, bem como caminhos pela lateral da casa, dentre outros. Ou seja, você pode até não conhecer o termo “walkway”, mas certamente já passou por muitos.

Embora o walkway esteja extremamente presente em nossas vidas, muitas vezes ele é deixado em segundo plano em um projeto arquitetônico ou de paisagismo. Pensa-se na piscina, no jardim, na área da churrasqueira, e o caminho que interliga tudo isso fica por último.

Seu design também tem um papel importante e deve estar em harmonia com o estilo do projeto de arquitetura e decoração que o restante da casa carrega. Afinal, são caminhos que mostram a personalidade dos proprietários. E para exemplificar, trouxemos aqui alguns walkways de impressionar!

 

Walkways para entradas da casa

Ao projetar um walkway, um dos fatores importantes a se considerar é a frequência de uso. O caminho para a entrada da casa, por exemplo, precisa ser feito com material resistente e de longa durabilidade para suportar o movimento diário.

O walkway da imagem abaixo foi feito com a linha Urbana, da Belgard, trazendo um estilo mais clássico. Aqui, elementos do Hardscape e do Softscape estão em total equilíbrio.

Walkways - caminho que leva até o portão da calçada
Fonte: Belgard

Walkways na lateral da casa

Esse walkway dá um charme todo especial à lateral interna dessa casa. Cercado por plantas, conta com uma iluminação que ao mesmo tempo em que mostra o caminho, favorece os elementos do softscape – nesse caso, os dois canteiros. Além disso, a forma e a cor desse caminho estão totalmente integradas com o revestimento da parede e do muro e com as molduras usadas na janela e nas portas.

Walkways os caminhos que levam do portão da calçada à entrada da casaFonte: Houzz

Walkways para piscinas

Use a criatividade para o design do seu walkway e saia dos modelos tradicionais. Nesse exemplo, o caminho que leva para a piscina tem um desenho geométrico, misturando a grama, um elemento do softscape, com o revestimento, elemento do hardscape, mostrando um estilo moderno e de fluidez, assim como é a área da piscina.

Walkway o caminho que leva para a piscina com um desenho geométricoFonte: Houzz

Walkway para jardins

Quando se tem um jardim, é fundamental construir um walkway para que as pessoas possam caminhar sem ter que pisar no gramado e nas plantas. Esse walkway da imagem, de pedras, é mais rústico, combinando perfeitamente com a rusticidade da casa.

Walkway para que as pessoas possam caminhar sem ter que pisar no gramado e nas plantas
Fonte: Houzz

Walkways ao redor da casa

O walkway pode ser projetado em toda a volta da casa, abrindo a possibilidade para as pessoas entrarem pela frente ou pelos fundos, por exemplo. O interessante do projeto abaixo é que foram usados dois estilos de pavimentos com tons diferentes, criando assim uma borda.

Walkway pode ser projetado em toda a volta da casaFonte: Blog da Belgard

Com essas ideias em mãos, agora você pode incluir um lindo walkway em seu projeto arquitetônico, combinar elementos do Hardscape com elementos do Softscape, em conjunto com o estilo da casa, é fundamental.

Ao escolher o material pense se precisa de um produto mais resistente, se o antiderrapante será necessário, se quer algo mais moderno, rústico, ou clássico, com qual tipo de textura, cor, design e formato. Na Hardscape há opções perfeitas para a decoração dos seus sonhos, seja ele qual for!



Diferença entre Softscape e Hardscape


É na criação de um espaço externo belo e aconchegante que entra o paisagismo, e um bom profissional irá trabalhar bem dois elementos fundamentais no design do ambiente externo: o softscape e hardscape.

Quem nunca sonhou em ter uma linda área externa na casa? Seja ela um quintal pequeno com uma rede, um quintal grande com piscina, uma varanda com churrasqueira, um espaço para as crianças brincarem com os animais de estimação, ou qualquer outra utilidade, é sempre gostoso imaginá-lo como um espaço externo bonito da casa, confortável e bem decorado, onde dê para receber visitas com estilo além da sala de estar.

Para que você entenda melhor a diferença entre softscape e hardscape, pense em um quintal com um jardim, lindas plantas e flores, arbustos e árvores; pense também que há um deck revestido com mármore, um caminho cimentado, uma escada de pedras e muros com blocos maciços.

Os primeiros elementos citados fazem parte do softscape, são eles que dão vida e colorido ao ambiente, são os elementos ‘leves’, que precisam ser renovados de tempos em tempos e requerem um cuidado mais frequente.

Os demais elementos fazem parte do hardscape, ou paisagismo rígido, parte do paisagismo que tem uma longuíssima durabilidade e que requer um projeto arquitetônico ou de decoração maior e mais criterioso, inclusive porque a importância da sua implementação vai muito além do fator estético (por exemplo, para evitar a erosão, permitir o correto escoamento da água, conter a terra e ter um bom sistema de drenagem).

Diferença entre Softscape e Hardscape

Fonte: Belgard

Uso de muros de arrimo para contenção de terra. Além de separarem os andares, juntamente com a escada e o caminho de pedras e as plantas, constituem um cenário bonito e bem projetado.

O projeto ideal é aquele que combina harmoniosamente os elementos softscape e hardscape. Afinal, eles não são duas áreas separadas do paisagismo, e sim complementares. É comum a comparação dos termos com a parede e o revestimento de parede – um é tão importante quanto o outro. Ou seja, um espaço cheio de plantas, árvores e flores, sem os elementos rígidos do paisagismo, ficará parecendo um bosque; enquanto um ambiente só com o piso, escadas e muretas perde toda a graça e fica frio se não tiver componentes que deem vida a ele.

Diferença entre Softscape e Hardscape

Fonte: Belgard

Imagine como ficaria essa entrada sem os elementos verdes da paisagem – certamente perderia boa parte da beleza.

Agora que você já conhece o softscape e o hardscape, está pronto para começar o seu projeto para deixar o ambiente externo da sua casa bonito, útil e aconchegante.



Últimos Posts


Now Hardscape: Não perca estes descontos!

Não fique de fora desta super promoção preparada especialmente para os clientes Hardscape. São vários…

Saiba mais

Revestimentos que Vão Transformar seu Ambiente Externo

Dentre tantas ótimas opções existentes, hoje trouxemos duas dicas infalíveis de revestimentos que vão transformar…

Saiba mais

Deixe a Área Externa da sua Casa Pronta para as Festas de Final de Ano

Quer deixar sua área externa da sua casa pronta para as festas de final de…

Saiba mais

Hardscape Marca Presença na 1ª Mostra Trançarte

A Hardscape está marcando presença em mais uma super Mostra, a 1ª Mostra Trançarte, no…

Saiba mais

Casa Nova Hardscape

Não perca a oportunidade de reformar seu espaço e transformá-lo no que você sempre quis,…

Saiba mais

Ambientes Hardscape na Casa Cor 2014

Não é novidade que os revestimentos Hardscape fazem sucesso onde são instalados, mas os produtos usados nos…

Saiba mais

Hardscape na Casa Cor Rio de Janeiro – Venha Conhecer Nossas Novidades!

Como falamos nos posts anteriores, estamos participando de mais um evento de arquitetura e decoração….

Saiba mais

Último Fim de Semana da Morar Mais

Época agitada para os cariocas profissionais e amantes de arquitetura e decoração, e para aqueles…

Saiba mais

Hardscape se destaca no Morar Mais Rio de Janeiro 2014

Hardscape se destaca no evento Morar Mais Rio de Janeiro 2014. Confira matéria veiculada no caderno Decoração…

Saiba mais

Vem aí Morar Mais e Casa Cor – a Hardscape estará presente nos dois eventos

Vem aí Morar mais e Casa Cor – e a Hardscape estará presente nos dois…

Saiba mais